Dicas, Entretenimento, Home Theater, Tecnologia

Soundbar ou home theater? Teste JBL BAR 5.1 com surrounds sem fio

Soundbar ou home theater? Teste JBL BAR 5.1 com surrounds sem fio

 

A JBL é um dos fabricantes que mais apostam nas soundbars, com a maior linha do mercado. São seis modelos, desde barras de dois canais e sem subwoofer, indicadas a quem busca simplesmente melhorar o som da TV, até esta BAR 5.1, top de linha da marca no Brasil. A BAR 5.1 é a única que oferece som surround 5.1 com três canais frontais dentro da barra e dois traseiros em caixinhas separadas.

É conhecida a deficiência das soundbars na reprodução convincente dos efeitos surround. Mas com a BAR 5.1, a JBL cria uma solução diferente: um par de caixas compactas responde aos canais traseiros. E o mais interessante: 100% sem fio. Quem vê a BAR 5.1 imagina se tratar de uma peça única, de 114cm, que se adapta perfeitamente à parte inferior da maioria das TVs montadas em móveis.

Na verdade, as duas extremidades, 16cm cada, são destacáveis para se tornarem caixas traseiras. Além de complementarem as caixas principais com mais abrangência horizontal, essas satélites podem compor uma formação 5.1 canais. É o usuário quem decide onde posicionar essas caixas: atrás do sofá, na lateral da sala, sobre móvel ou na parede (suportes para isso vêm na embalagem).

O “pulo do gato” é que cada surround traz bateria interna para 10 horas de uso. A recarga demora até 3 horas, e pode ser feita de duas maneiras: acoplando as caixinhas à barra através de ímã ou conectando um cabo USB. Assim como as surround, o subwoofer que acompanha a BAR 5.1 recebe sinais de áudio sem fio, porém precisa ser ligado à tomada de energia.

Entradas HDMI aceitam 4K/60p

Tanto as caixas surround quanto o sub da JBL BAR 5.1 já vêm pareados e a conexão via radiofrequência é automática. Sobre a barra, botões de standby, volume e seleção de fontes, que podem ser conectadas via Bluetooth, USB, digital óptica e analógica P2, além de três entradas HDMI para sinais 4K60p e uma saída compatível com ARC.

Nesta, conectamos uma TV QLED Samsung para comandar liga-desliga e volume da soundbar com o controle da própria TV. A JBL fornece um cabo para cada tipo de conexão de áudio. Ainda no generoso pacote de acessórios, encontramos microfone de calibragem e controle remoto, que permitiu finalizar o auto-setup em menos de dois minutos.

Aliás, não há menu na tela e o guia de início rápido (QUICK START) em inglês não facilita essa tarefa. Pelo controle, dá para alterar o volume das caixas surround e do subwoofer, de forma independente, além dos cinco modos de equalização: MOVIE, MUSIC, VOICE, SPORT e STANDARD.

Avaliação

A potência total desse conjunto JBL é de 218W, oferecidos por seis falantes mid-range de 2,25”, três tweeters de 1,25” e um woofer de 10”. Por isso, é uma solução mais recomendada para salas pequenas. Como em quase todas as soundbars, não se pode esperar áudio de alta fidelidade, pelo menos para quem é exigente nesse aspecto, independente da equalização selecionada, embora a opção MUSIC envie a mesma intensidade sonora (alta) para todos os canais, até os surround.

Em filmes, a história é diferente. Quando iniciamos Doutor Estranho, em DTS-HD MA (Blu-ray), não demorou para se perceber que o sistema da JBL expandia o envolvimento para toda a sala (15m2), como numa configuração 5.1 tradicional. A convincente divisão de canais, a ambiência atribuída às caixas traseiras e a explosão gerada pelo subwoofer tornou desnecessário chegar ao nível máximo de volume (48), principalmente durante as cenas de confronto.

Mesmo quem estava um pouco mais distante das satélites pôde ouvir com exatidão os efeitos vindos de trás das poltronas, desde o acidente sofrido pelo médico até o embate final com Kaecilius e seus fanáticos mortais. Como em diversas soundbars, o subwoofer é fator de ganho de pressão sonora e impacto. O poder de fogo deste JBL, com graves profundos e encorpados, se mostrou superior a muitos subs maiores e supostamente mais potentes.

A BAR 5.1 decodifica trilhas Dolby e DTS (mas não Dolby Atmos). Para melhorar o som de séries antigas como Friends (Netflix) e programas de TV, o processador Dolby Pro Logic II transforma estéreo em 5.1. Foi necessário somente aumentar bem o volume das surround (+3) para ouvirmos melhor os efeitos simulados; ao contrário, dos diálogos captados com centralidade e clareza.

Ficha Técnica

Soundbar JBL BAR 5.1

Potência: 43,8W (soundbar); 164W (subwoofer)
Conexões: 3 entradas HDMI 2.0 com HDCP2.2 (1 saída com ARC), digital óptica, estéreo analógica (P2), USB e Bluetooth 4.2
Dimensões (LxAxP): 114 x 5,8 x 9,3cm (soundbar); 5,9 x 16 x 9,3cm (sat); 30 x 44 x 30cm (sub)
Peso: 4kg (soundbar); 0,6kg (sat); 13kg (sub)
Fabricante: Harman do Brasil (www.jbl.com.br)
Onde comprar:  https://htclick.com.br/produto/soundbar-jbl-bar-5-1-510w-sub-wifi-bluetooth-5-1/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *