Áudio, Dicas

9 sugestões em caixas acústicas de acordo com seu estilo

9 sugestões em caixas acústicas de acordo com seu estilo

20/01/2020

Quando se trata de design, qual é o seu estilo? Sóbrio ou arrojado? Futurista ou conservador? Descolado? Muitas cores na decoração? Seja qual for, pode estar certo que os fabricantes de caixas acústicas estão prestando atenção. E investem alto para desenhar aparelhos que, além de tocar bem, despertem também o prazer visual.

Há quem diga que caixas acústicas não mudam muito: sempre há necessidade de um gabinete – geralmente feito de madeira – para controlar a massa de ar produzida pelas vibrações dos alto-falantes. Mas não é isso que mostra este vídeo de 2017, produzido por David Clarke, um dos maiores experts no assunto.

Na verdade, basta comparar fotos de caixas lançadas no final do século passado (apenas 20 anos atrás…) com modelos atuais dos mesmos fabricantes para ver como evolui o design desses aparelhos. Sem falar nos detalhes de construção, componentes e desenho interno, que na prática são os responsáveis pelo desempenho final de uma caixa acústica.

Aqui, você vai conhecer algumas das melhores caixas à venda atualmente no Brasil – detalhe importante: com garantia do fabricante através de seu distribuidor oficial. São todas caixas de ótimo desempenho e que podem ser conferidas de perto em lojas especializadas. Certamente uma delas, pelo menos, irá combinar com seu estilo (clique no modelo para ver mais detalhes).

STEINWAY LYNGDORF MODEL D

Fruto da parceria entre a célebre marca de pianos Steinway e a Lyngdorf, fábrica dinamarquesa de amplificadores, esta caixa surgiu da ideia de produzir algo que até os pianistas clássicos aprovasse. De construção artesanal, emite tanto na parte frontal quanto na traseira, visando ampliar a profundidade de palco. Cada unidade requer alimentação estéreo de pelo menos 400Wx2, com conexão Digital Link baseada em cabo de rede (CAT-5e).

FOCAL KANTA No 2

Combinando materiais nobres, a marca francesa chegou a este elogiado resultado. O tweeter domo invertido é de berílio, e os demais falantes contêm uma membrana de linho entre camadas de fibra de vidro, atendendo a requisitos de rigidez, amortecimento e baixa massa. Destaque ainda para o acabamento refinado, com topo de vidro e tela magnética.

Caixa torre Focal Kanta N°2 Black Lacquer – Par

B&W FORMATION DUO

Dentro da primeira série de caixas sem fio da célebre marca britânica, a bookshelf Duo foi projetada para audições digitais estéreo em alta resolução (96kHz por 24-bit) e também para multiroom. Pode funcionar de maneira individual ou sincronizada, por rede mesh exclusiva usando uma conexão Wi-Fi ou cabeada. Segundo a B&W, o tempo de sincronização é menor que um microssegundo, sem latência no envio do sinal. Pode ser controlada por aplicativo Android ou iOS, captando o som por Bluetooth, AirPlay 2 e Spotify Connect.

Caixa bookshelf amplificada Bowers & Wilkins Formation Duo Wireless – Par

 

DEVIALET CLASSIC PHANTOM

Uma das soluções mais originais dos últimos anos, esta pequena (25cm) caixa francesa pode ser considerada a primeira high-end sem fio do mercado. Apesar do tamanho, libera picos de 1.200W e pressão sonora de 101dB, com distorção de apenas 0.0005%, diz o fabricante, graças à amplificação híbrida (analógica+digital). Reproduz streaming de música de 192kHz/24-bit em rede Wi-Fi, AirPlay ou Bluetooth aptX.

MAGNA DESIGNED

Representante brasileira neste roteiro, esta bookshelf utiliza componentes importados, como o tweeter de seda, e tem produção semi-artesanal em Indaiatuba (SP). O painel frontal é de madeira maciça, que pode ser encomendada em até 60 combinações de acabamento (laca italiana fosca, couro natural ou sintético etc).

JBL SYNTHESIS K2 S9900

JBL Synthesis, divisão high-end do grupo Harman, é reconhecida por suas torres de alta performance e visual nostálgico, como esta, de 122cm de altura. Destaques para o imponente woofer de 15” com capacidade para 500W, drivers de compressão com diafragma de magnésio de 4” e de berílio – este alojado numa câmara de alumínio. A sensibilidade de 93dB torna a K2 compatível com diversos amplificadores. Um material acústico baseado em fibra de vidro nas áreas curvas do painel frontal, visa melhorar a definição sonora.

MERIDIAN DSP3200

Quando se fala em caixas digitais ativas, a inglesa Meridian é a principal referência. Esta bookshelf emprega dois amplificadores de 75W para cada falante, e dois DACs de 192kHz/24-bit. O gabinete é de madeira com acabamento brilhante em resina ultra resistente nas cores preto ou branco. Um controlador da Meridian (Audio Core 200) é indicado para receber as fontes de áudio.

POLK AUDIO SIGNATURE 60

Com a linha Signature, a Polk conseguiu unir o clássico e o moderno, em especial no modelo S60, de três vias, com 113cm de altura e capacidade para 300W. O painel black piano contrasta com o gabinete fosco de extremidades curvas, e na base o cone invertido abaixo do duto de ar (Power Port) visa reduzir distorções nos graves, que chegam a 26Hz.

Caixa Torre Polk Audio Signature S60 – Par

SONUS FABER SERAFINO

Produzida na Itália, esta caixa faz parte da série Homage Tradition, que presta tributo a grandes mestres na arte de construir violinos. O gabinete é modelado em forma de alaúde, com curvas acentuadas nas laterais para melhor controle das ressonâncias internas. O alumínio é elemento estrutural na traseira, visando favorecer o fluxo de ar liberado pelos dutos, revestidos de feltro em cada câmara, e reduzir as distorções. Na base, um sistema de suspensão desenhado para controlar as vibrações.

Link – https://www.hometheater.com.br/portal/2020/01/20/9-sugestoes-em-caixas-acusticas-de-acordo-com-seu-estilo/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *